5 Razões para a Importância do Casamento Bíblico Hoje

5 Razões pelas quais o Casamento Bíblico é Relevante para as Gerações Atuais. Veja mais sobre o assunto em nosso conteúdo.
Redator

Por: Iara

Redatora no site Cuca de Crente

04/04/2024

X

O Casamento Bíblico está em declínio na América. De acordo com um estudo de 2019 do Pew Research Center, a porcentagem de americanos que coabitaram era maior do que aqueles que se casaram. Isso não é surpreendente, considerando que “a maioria dos americanos considera aceitável que casais não casados vivam juntos, mesmo para aqueles que não planejam se casar”.

Desde que as sociedades ocidentais estão se tornando mais secularizadas, devemos esperar a rejeição de práticas religiosamente fundamentadas como o casamento. As pessoas têm tentado redefinir o casamento, querendo abandonar a prática e definição bíblica dele. Por exemplo, em 2015, a Suprema Corte Americana legalizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo na decisão histórica Obergefell v. Hodges. Isso expandiu o “casamento” para incluir casais do mesmo sexo, concedendo-lhes direitos e privilégios legais. Aqueles que praticam a não-monogamia consensual (também chamada de não-monogamia ética) argumentam que namorar ou estar em um relacionamento sexual com outra pessoa fora do cônjuge não é adultério se todos os indivíduos envolvidos derem seu consentimento. De acordo com um artigo do Psych Central, esse arranjo, no qual marido e esposa estão dispostos para que o cônjuge tenha parceiros adicionais, é visto como uma maneira saudável de lidar com estar “atraído por várias pessoas ao mesmo tempo”.

Em meio a esse turbilhão de ideias e mudanças na definição de casamento, onde os cristãos devem se posicionar? Devemos ceder aos caprichos de uma cultura em constante mudança para sermos relevantes? Devemos ignorar ou reinterpretar os versículos nas Escrituras que definem o casamento e discutem relacionamentos sexuais apenas para agradar o mundo? Embora a cultura continue mudando, a Bíblia não muda. Devemos seguir a Palavra de Deus e permanecer firmes em sua verdade. Isso inclui ser fiel ao que a Escritura ensina sobre o casamento.

Embora a sociedade queira cada vez mais avançar além disso, o casamento ainda é importante. Aqui está o porquê:

1. DEUS INSTITUIU O CASAMENTO

O primeiro casamento ocorreu no Jardim do Éden. Deus sabia que não era bom que o primeiro homem (Adão) estivesse sozinho (Gênesis 2:18). Ele precisava de uma ajudadora adequada que não fosse encontrada entre os animais. Para atender a essa necessidade, o Senhor criou a primeira mulher, Eva. Ele então os uniu em casamento, tornando os dois uma só carne (Gênesis 2:20-24).

Com base no exemplo da união de Adão e Eva, sabemos o que Deus pretendia que o casamento fosse. Ele deu esta união como um relacionamento de aliança entre um homem biológico e uma mulher biológica (Mateus 19:4-5). Dentro da união matrimonial, ambas as partes são responsáveis uma pela outra por manter a fidelidade. Eles também são responsáveis perante o Senhor – o Fundador do casamento. Como Jesus disse:

“Portanto, o que Deus uniu, o homem não deve separar.” – Mateus 19:6, NVI

O Senhor restringiu especificamente a atividade sexual dentro dos limites desse relacionamento. Assim, uma definição bíblica de casamento exclui a poligamia, a homossexualidade e qualquer forma de relacionamento poliamoroso. Apesar de sua popularidade e prevalência, a coabitação não é o design do Senhor.

Os crentes devem reconhecer que o casamento ainda é importante. Uma visão bíblica do matrimônio nunca ficará obsoleta ou irrelevante porque o Senhor o instituiu. O que Ele criou continuará até o fim da era na ressurreição. Depois desse tempo, as pessoas não se casarão nem serão dadas em casamento (Mateus 22:30). Até então, o que o Senhor estabeleceu permanece. Veja mais sobre: 10 Alertas na Bíblia que Precisamos Levar Mais a Sério!

2. O CASAMENTO FORNECE UMA IMAGEM DO AMOR DE CRISTO PELA IGREJA

Na cultura ocidental, as pessoas frequentemente assumem que o casamento é uma escolha opcional destinada apenas a expressar o amor de um casal um pelo outro. No entanto, a Bíblia ensina que o casamento é muito mais.

O relacionamento entre marido e mulher deve representar o amor de Cristo pela igreja.

A epístola de Paulo à igreja em Éfeso discute esse aspecto especial do casamento. Os maridos devem amar suas esposas assim como Jesus amou a igreja (Efésios 5:25). Ele deu Sua vida por ela. Além disso, um marido deve cuidar de sua esposa como cuidaria de seu próprio corpo, alimentando e cuidando adequadamente dele (Efésios 5:28-29). Ao cuidar amorosa e sacrificialmente de sua esposa, ele fornece uma analogia do que Jesus faz pela igreja.

Da mesma forma, o comportamento de uma esposa para com seu marido fornece uma analogia do relacionamento da igreja com Cristo. Assim como o corpo de crentes se submete ao Senhor, uma esposa deve respeitar e ouvir seu marido (Efésios 5:22-24, 33). Quando ambos os lados estão vivendo em obediência às Escrituras, eles fornecem uma imagem do cuidado amoroso de Jesus e da submissão reverente da igreja a Ele.

O casamento aponta para uma verdade maior. Jesus assumiu a forma de servo e morreu pelos pecados do mundo. Ele comprou a igreja com Seu sangue. Hoje, Ele está ativamente lavando e purificando-a para Seu futuro casamento. A igreja, a noiva de Jesus, será lindamente adornada naquele dia com obras justas feitas em amor e reverência ao seu Senhor e Salvador, como um Casamento Bíblico.

3. O CASAMENTO É A BASE DA FAMÍLIA

No início, Deus instruiu o primeiro casal a ser fecundo e multiplicar (Gênesis 1:28). A terra estava destinada a ser preenchida com todas as boas criações do Senhor. Mais tarde, Ele deu as mesmas instruções a Noé e seus filhos (Gênesis 9:1). Esses exemplos mostram que a população do mundo era importante porque havia poucos humanos.

Hoje, os casais não são obrigados a ter filhos. A terra já está cheia de pessoas, então se um marido e uma esposa decidem não ter filhos, eles não estão pecando. No entanto, o casamento continua a servir como a base da unidade familiar.

As instruções das Escrituras para crianças e pais assumem essa realidade. Como Paulo escreveu,

“Filhos, obedeçam a seus pais no Senhor, pois isso é justo. ‘Honra teu pai e tua mãe’ – que é o primeiro mandamento com uma promessa – ‘para que tudo corra bem contigo e tenhas longa vida na terra'” (Efésios 6:1-3, NVI).

O apóstolo citou da Lei em Deuteronômio 5:16 e mencionou tanto um pai quanto uma mãe.

Outros trechos das Escrituras também discutem a necessidade do pai e da mãe estarem envolvidos na criação dos filhos. A família é a principal unidade através da qual as crianças aprendem sobre o Senhor e são equipadas para a vida.

Embora famílias desfeitas e lares monoparentais tenham se tornado comuns ao redor do mundo, este não foi o design original de Deus para a família. Ele pretendia que as crianças crescessem em um lar onde seus pais se amassem e servissem mutuamente.

Quando uma criança não tem isso, seja porque são órfãos, sem pai ou vivem em um lar desfeito, eles sofrem. Deus expressa grande cuidado e preocupação por esses pequeninos, chamando outros a fazerem o mesmo. O casamento Bíblico ainda é relevante porque é a base bíblica para criar uma família.

Casamento Bíblico

4. AS ESCRITURAS NOS DIZEM PARA HONRAR O CASAMENTO

O casamento é um relacionamento especial criado por Deus. O autor de Hebreus escreveu:

“O casamento deve ser honrado por todos.” – Hebreus 13:4, NVI

John Piper descreve o significado bíblico deste versículo em uma mensagem sobre Hebreus 13:1-6 em Desiring God. Como ele disse:

“[Q]uando você pensa em casamento, deixe-se ser agarrado por emoções de tremendo respeito e santidade. Em relação ao casamento, cultive o sentimento de que este [não] deve ser tocado rapidamente, manuseado casualmente ou tratado comum.”

Os crentes podem honrar o casamento ao manter a definição bíblica de casamento na igreja e entre os incrédulos. Podemos ser vistos negativamente por fazer isso, mas obedecer ao Senhor é mais importante. Não devemos ter medo de falar a verdade com amor.

Proteger-se contra a imoralidade sexual em nossas vidas é outra maneira de honrar esta união. Hebreus 13:4 menciona explicitamente que o sexualmente imoral e o adúltero serão punidos. Eles profanam a santidade de um relacionamento que o Senhor criou.

Como nossa cultura moral relativista nos encoraja a abraçar práticas sexualmente imorais, precisamos permanecer firmes na verdade bíblica. Deus nos diz para honrar o casamento bíblico e não confundi-lo com o que o mundo aceita como “casamento”. Lembremos da seriedade das uniões matrimoniais e tratemo-las com a santidade que merecem como um Casamento Bíblico.

5. MANUTENÇÃO DO CASAMENTO BÍBLICO CONTRIBUI PARA NOSSA TESTEMUNHA DO EVANGELHO

Manter nossa crença na definição bíblica do casamento fortalece nossa capacidade de testemunhar. Não nos movemos com os ventos da cultura, mas permanecemos firmes no ensino das Escrituras.

As pessoas ao nosso redor criam diferentes versões da verdade – no que querem acreditar ser verdadeiro e certo. Eles perceberão quando alguém se apegar a crenças e princípios que permanecem verdadeiros independentemente das mudanças culturais ou sociais. Cristãos que sustentam a verdade bíblica em todas as áreas, incluindo o casamento, agem com integridade e consistência. Sua capacidade de testemunhar não será comprometida porque estão se apoiando na autoridade da Palavra de Deus, não em suas próprias opiniões ou sentimentos.

Por exemplo, eles podem discutir a bela imagem que o casamento dá do amor de Jesus pela igreja, apontando para a mensagem do evangelho porque apoiam uma visão bíblica do casamento.Se descartarmos o relacionamento marido e mulher ordenado por Deus, perdemos a analogia do amor de Cristo pela igreja e desonramos o que o Senhor estabeleceu. O casamento pode parecer desnecessário e insignificante na cultura de hoje, mas é tão importante quanto sempre foi o Casamento Bíblico.

Banner grupo WPP
Redator Iara Santana Lima

Iara escreve conteúdos para o blog Cuca de Crente falando sobre diversos assunto bíblicos, então se você gosta de assunto relacionados de De Gênesis a Apocalipse está com a pessoa certa!

Ver todos os posts

Compartilhe:

Conteúdo Relacionado

qual o dia da bíblia

Qual o dia da bíblia? Ideias para fazer em sua igreja

29/05/2024
Sermão da Montanha

Sermão da Montanha Reflexão com Estudo Bíblico Completo

29/05/2024
quem são os missionários

Quem são os missionários? O que faz? Qual o propósito? Estudo completo

29/05/2024
o que é pastor

O que é um pastor? A função do pastor com estudo bíblico

29/05/2024
dia do pastor

Qual dia do pastor evangélico? Ideias do que fazer em sua igreja

28/05/2024
Salmo 17:8

Salmo 17:8 – Menina dos olhos de Deus (Estudo Bíblico)

28/05/2024
Nomes bíblicos femininos

127 Nomes bíblicos femininos com Significado

28/05/2024
Nomes bíblicos masculinos

127 Nomes bíblicos masculinos com Significado

28/05/2024
Plano de Leitura Bíblica

Plano de Leitura Bíblica 2024: 12 Tipos para ler a bíblia agora mesmo

28/05/2024
Frases Bíblicas

197 Frases Bíblicas para Status: Só Copiar e Colar

24/05/2024
Política de Privacidade | Termos de Uso

Copyright 2024 - Todos os direitos reservados

Razão social: Public online marketing digital LTDA, com sede na R. Ambrosina do Carmo Buonaguide, 250 – Centro - SP, 07700-135, CNPJ 13.202.412/0001-56.